Minas é feita de praças e bancos..


Adoro as praças, os bancos, as pessoas passando, é leve e aconchegante. Em minas é assim, sempre tem uma praça, um banco, uma criança passeando e pessoas desfrutando de momentos. Parece que o tempo parou por instantes e guardou aqui o que a modernidade roubou de nós.

Sentar no banco e apenas deixar as horas passarem, lembrar das brincadeiras de roda, salada mista, esconde esconde e sorrir. E descobrir que Minas ainda preserva isso, essa vontade de não deixar de ser SIMPLES.

Simplicidade de um bom dia, de um sorriso, de ser grato por ser visitada. Pois assim, essa gente se sente sempre grata por poder ajudar, por poder tocar a vida daqueles que batem na sua porta.

E nos final da tarde comprar pipoca do pipoqueiro, ouvir uma boa musica tocando no palco, se permitir, se libertar das amarras da vida corrida, assim quem vem pra minas (para Caxambu) se sente. Livre como passarinho solto da gaiola.

Um grande abraço!


* Á Mineira também está presente em outros canais, se tiver um tempo é logo "ali":

https://www.linkedin.com/in/analuciamachado/

https://www.facebook.com/alumineira/

Postagens mais visitadas deste blog

Aqui em Minas, os versos são bordados e alinhavados...

MULHER MINEIRA

O sotaque das mineiras . Carlos Drummond de Andrade